28 setembro 2006

Coisa de Gordo - 291

291-O Assador do Presidente
Esses escândalos da política nacional guardam na sua intimidade componentes os mais prosaicos, quase inacreditáveis. E que quando vêm à tona, nos deixam boquiabertos. Quem lembrar das maracutaias no tempo do Collor, além de dar-se conta de que ele era aprendiz perto dessa turma do PT, haverá de se lembrar de histórias picantes. Eram crimes passionais, ministros adúlteros que dançavam boleros e se apaixonavam ao som das maracas, um tesoureiro que aparecia baleado ao lado da mulher, uma certa surra de toalha, o batmóvel e outras coisas.
No escândalo da quinzena atual, o que mais se fala é no ASSADOR. Sim, amigo(a), veio à baila a figura do assador. Nós meros mortais, em nosso dia-a-dia de comedores, não temos um assador. Podemos comer churrasco na casa de amigos, podemos ir a churrascarias, mas dificilmente teremos um assador para nós. Isso é coisa reservada a uma certa minoria, uma elite do poder. É uma ostentação maior do que ter, por exemplo, um personal trainer. Há coisa de dez anos, apenas a Dona Lili Marinho tinha o seu personal trainer. Passadas todas as edições da Revista Caras desse período, hoje em dia o quadro mudou. Muita gente tem seu personal trainer.
Talvez o Lula seja, neste momento, a Dona Lili Marinho no que tange ao assador. No meio das descobertas, dos escândalos, dos dólares dessa semana, surge um tal de Freud Godoy. Vejam se não parece nome de personagem do Jorge Amado, ou então do Dias Gomes em seu Bem-Amado. Sim, gente, um nome desses lembra outros como Quincas Berro Dágua, ou Odorico Paraguassu. Pois a equipe do PT possuía em suas fileiras um Freud. E ainda por cima Godoy. E que, na hora do aperto, não tendo como explicar o fato dele estar sempre ao lado do Presidente, teve que ser lembrado por seu talento. O de assador!
Que coisa mais inusitada! Que criatividade na elaboração desse roteiro. Nem a Janete Clair poderia imaginar isso. O cara, portanto, não tinha ascendência sobre o presidente, não o corrompia, não lhe falava nada a respeito de dólares e milhões de reais. Nada disso. Conversava apenas sobre a Picanha e o Sal Grosso. Mas eu dizia que o Lula talvez seja um desbravador, uma pessoa a lançar uma tendência. Daqui a dez anos talvez todos nós tenhamos um assador. Uns serão mais capacitados. Outros mais aprendizes.
Os jornais publicarão anúncios deles. "Assador oferece-se para emprego. Ótimas referências. Nunca salgou a carne demais. Acende o fogo em no máximo dois minutos. Serve picanha mal-passada, ao ponto e bem passada. Lançou a moda da costela de jegue com queijo ralado. Ajuda a lavar os espetos no final. Salário a combinar!"
Do jeito que a coisa vai, não se admire se me vir filiado ao sindicato deles. O Sindibrasa! Nos estatutos, teremos o cuidado de estabelecer certas normas. Como aquela que afirma que o ESPETO DO ASSADOR é sagrado, só a ele pertence! Aliás, eis aí criada uma expressão idiomática: o espeto do assador. Na cultura popular atual, quando a gente vai a um churrasco, os talheres já mais calmos, a fome já saciada, sempre aparece um espeto arrasador. Com um Vazio, ou uma Maminha, ou uma Ponta de Costela, ou similar. E que foi feito lentamente, colocado na melhor parte da churrasqueira. O que dizem as pessoas? - Este é o Espeto do Assador! É como um elogio, um diferencial, algo especial que foi deixado para o final.
Os anos mostrarão a confirmação dessa tendência. Ou não. Tudo depende de quanto tempo esse assador do Lula vai ficar preso. Mas a julgar pelo que aconteceu com os outros dos escândalos anteriores (José Dirceu, José Jenoíno, Waldomiro Diniz, Jader Barbalho, Paulo Maluf, Orestes Quércia....), em que TODOS ESTÃO SOLTOS, parece que o tal Freud em breve estará ali de novo, na beira da churrasqueira, virando-se para o Presidente e falando: - Vai uma Picanha aí?"
É gordo, mas tem valor. Contrate o seu assador!
Silvano - o impossível


PALAVRA DA LEITORA
Olá Silvano,tudo bem? Adoro as suas crônicas ,mas dessa vez vou discordar em dois pontos. Sobre o aproveitamento do que não ficou bom eu te digo que basta criatividade e dá para salvar qualquer prato,menos queimado claro! É só transformar o prato. Se o feijão tivesse sido separado do caldo e preparado como um virado ou tutu de feijão dava para aproveitar e o sal iria para os tempêros e a farinha,ou então um bife de feijão ou mesmo uma salada. No pudim desandado bastava acrescentar 1 colher cheia de trigo e mexer que dá ponto,depois era só deixar mais um pouco no fogo.
Concordo com o que você falou do PT,mas dizer que Serra e FH são farinhas do mesmo saco eu não concordo. Serra nunca foi acusado de corrupção e Lula e os seus asseclas do PT são uma quadrilha cercados de lama por todos os lados. Desculpe discordar mas amigos falam a verdade um ao outro não é? Abraços
Claudete - de Jundiaí - SP - dando lições ao rude colunista



QUER SABER AS MANCHETES DOS JORNAIS DE TODO MUNDO?
Nossa leitora MIRIAN nos envia uma baita dica de internet, um SITE onde se pode ver as capas de TODOS OS JORNAIS. Tem coisa que a gente nem imagina. Vão aparecer uns pontos alaranjados, basta passar o mouse sobre eles e, do lado direito, aparece a capa do jornal. Uma loucura só. O endereço: http://www.newseum.org/todaysfrontpages/flash/ Acesse logo e o coloque nos Favoritos!



SILVIO SANTOS
Em conversa a respeito da política atual com um amigo, desenvolvemos a tese de que o Lula atingiu o estágio de um SILVIO SANTOS. Ele pode dizer que matou, que roubou, que fez isso ou aquilo, que o POVÃO vai continuar o adorando e elegendo. Isso aí. O Lula é um Silvio Santos. Vai ser reeleito já no primeiro turno. Cantemos, portanto... "Este é um país que vai pra frente, hôu, hôu, hôu, hôu, hôu..."


28/09/2006

1 comentários:

Carla disse...

Olá. Adorei seu blog. O que acha de trocarmos links? Aguardo você. Assim que ler apague o comentário.

receitagostosa@gmail.com