24 janeiro 2007

Coisa de Gordo - 308


308- Pepsi com gosto de Melhoral Infantil
Essa guerra das “colas” ainda vai nos levar à loucura. A exemplo de Judeus e Palestinos, a exemplo de Xiitas e Sunitas, a Coca-cola e a Pepsi-cola vão virar milênio sempre disputando mercado, brigando, correndo para ver se uma consegue subjugar a outra. Na esteira desse processo, eventualmente nós consumidores ficamos à deriva, sem entender nada.
Estávamos em viagem, falei de Garopaba na semana passada, quando abro um jornal de Porto Alegre e me deparo com anúncio de página inteira falando numa tal COCA-COLA ZERO, agora com zero de açúcar! Fiquei estupefato, boquiaberto, perdido. Como assim, agora com zero de açúcar? E o que é isso que temos bebido na Coca-light? Fomos traídos? Fomos enganados? Do que se trata, afinal? O slogan dos caras é “O que você não esperava. O sabor de sempre, zero açúcar”.
Mal pude me recuperar no primeiro choque, no dia seguinte novo anúncio, dessa vez veio a Pepsi e anunciou a sua PEPSI MAX, com os mesmos “zero de açúcar”! Nova traição, nova surpresa, o que é isso, gente de Deus? O slogan dessa é “máximo sabor, zero de açúcar”.
Fui buscar informações na mídia e descobri que a Coca vai lançar o novo produto exatamente no Rio Grande do Sul, partindo logo depois para outras praças. Mas que vai continuar com a Coca-light (que alívio). No rastro dela a concorrente Pepsi fará o mesmo caminho. Lança primeiro em terras gaúchas, depois parte para o resto do Brasil e igualmente permanecerá com sua tradicional versão light (alívio de novo). Ou seja, Brasil, nós somos as cobaias desses experimentos. Se a gauchada permanecer viva, eles então vão vender para o resto do país.
Intrigado, recém chegado de viagem, ainda com a areia catarinense na roupa, parei em um Supermercado daqui e comprei uma amostra de cada uma. Fomos experimentar em casa.
A coca parece ter mantido o sabor. Se a pessoa não for avisada, não perceberá a diferença, pensará estar bebendo coca-light. Olhei intrigado o novo rótulo, não consegui encontrar diferenças significativas, há um miligrama de sódio a mais aqui, uma molécula de um não sei o quê mais acolá, a gente fica meio sem entender. E é óbvio que fui sedento ao rótulo da tradicional coca-light para ver se falavam de açúcar e NADA! Ou seja, quem se basear no rótulo, vai depreender que a coca-light já é zero de açúcar! Mas ficou um receio no ar! Será que é mesmo?
Poucas horas depois, fomos testar a Pepsi Max. Gente, que coisa! Provamos e de cara a sra Kátia sentenciou “tem gosto de remédio”. Provei e concordei com ela, e acrescentei que eu sabia qual remédio tinha aquele gosto, me era familiar, eu o conhecia, fiquei sorvendo a bebida e revirando a memória até que matei a charada: - Isso tem gosto nítido de melhoral infantil! Todos concordaram!
Como pode isso? A Pepsi entregar essa nova fatia do mercado (eles dizem serem elas direcionadas aos jovens) assim de graça para a Coca? Eu pessoalmente não me importo, é dito e sabido que prefiro a Coca-light em detrimento da Pepsi-light, mas fiquei estupefato com o despreparo da Pepsi. Foi um passo em falso, o público vai identificar de cara! É gosto de MELHORAL INFANTIL!
De tudo que foi dito, resumo o seguinte. Permanecerei bebendo coca-light, deixarei a tal coca-zero aos jovens e me compadecerei dos que beberem a tal Pepsi-max. Olhaí, Brasil, quando o produto chegar aí em cima vocês já estão avisados! Se mata a sede, eu não sei, mas que deve ser bom para dor de cabeça, isso é de se esperar! O gosto é de remédio! E deve ser evitada em casos de suspeita de dengue!
Silvano – garoto-propaganda de meia tigela


PÁRA-CHOQUE DE CAMINHÃO
E eis que na BR-101 passa aquele velho Mercedes-Benz com a frase:
“O beijo é como o ferro de passar roupa. Liga em cima, esquenta embaixo!”
Esses caminhoneiros....


PALAVRA DO LEITOR
Silvano, já que comentei teu texto da semana passada não poderia deixar de me pronunciar sobre o texto desta semana. Primeiro quero registrar que admiro muito teu estilo e tua capacidade de escrever sobre o dia-a-dia. Em segundo lugar quero te dizer que Garopaba para mim tem gosto de infância. Tenho ótimas lembranças de férias, desde os meus cinco anos. Nós últimos anos estou meio relapso, mas até meus 30 anos não ficava um ano sem dar pelo menos um pulinho até lá. O cheiro do mar, os peixes, a areia, as ondas... ah Garopaba do meu avô, ah Garopaba do meu Pai, ah minha Garopaba!! Já avisei aos meus familiares (inclua-se tu) que minhas cinzas devem ser jogadas no Mar de Garopaba junto ao Morro da Vigia (aquele da direita de quem chega à Praia). Se tiveres disposição não deixa de subir o morro da esquerda que divide com o Siriú e fazer uma paradinha naquela pedra bem do alto, ficar sentado ali cinco minutos apreciando a praia de Garopaba, do Siriú e a imensidão do Mar, é inesquecível. Flávio – de Porto Alegre – discorrendo sobre as maravilhas de Garopaba. Pára de falar, Flávio, senão entro no carro agora e volto para lá...


25/01/2007

1 comentários:

Liliam Pereira Ramos disse...

Oi Silvano....tenho a triste missão de te informar, que o "gosto de melhoral! não está só na Pepsi MAX.....Estive em Torres, no fim de semana, na casa da minha irmã que mora por lá...entre as delícias culinárias que ela nos preparou, surgiu uma garrafa de Pepsi...normal mesmo, nem Light, nem max..aquelas garrafas de 2,5, que eles lançaram lá pelo Natal, e tivemos a mesma constatação.....GOSTO DE REMÈDIO!!!! Abrimos outra garrafa, verificamos prazo de validade.....tudo "legal", mas o sabor!!!!!!!!!! Resultados...voltamos ao supermercado, trocamos as 6 garrafas de Pepsi, pelas de COCA - COLA, e pagamos a diferença...pois de amarga....basta a vida!!!!!!!!!!!!!!!