26 abril 2007

Coisa de Gordo - 321

321 – Filé com Mostarda
Algumas receitas e dicas vão e vêm, isso é inevitável. Aliás, a vida como um todo é assim. Tempos atrás nosso amigo Totonho nos deu esta receita, tivemos a chance de degustá-la, o tempo passou e acabamos deixando de lado.
Até que surgiu uma chance, íamos receber amigos para um Jantar. O que fazer? Churrasco? Mas de noite é meio pesado. Lasanha? Ainda estava calor. Até que a sra Kátia desenterrou a lembrança do Filé com Mostarda.
Ficou delicioso, saboroso, infelizmente engordativo. Mas trata-se de prato com algumas características ímpares, que o diferenciam de grande parte das receitas.
Rápido: pode ser preparado quase que de improviso. Não requer muito tempo de preparo.
Relativamente barato: sim, tem que comprar um filé inteiro, mas depois disso são só acessórios.
Delicioso: é um prato dos mais saborosos que temos provado. Vale a pena!
Qualquer um pode preparar: no passo-a-passo a seguir, você vai perceber que é fácil.
Sucesso garantido: os convivas, em geral, apreciam bastante o prato.
Não vou detalhar os ingredientes, no preparo você vai ficar sabendo. Outra coisa a discutir é a quantia de carne. Isso é variável. Se são convivas bons de garfo utilize aquela clássica conta do churrasco, ou seja, 400g ou 500g de carne para cada pessoa. Se é gente mais “normal”, calcule para baixo. No caso relatado, um filé de 1,9Kg, devidamente acompanhado de Arroz, serviu bem cinco adultos e duas crianças. E falando nele, o ARROZ, quero alertar que não é um mero acompanhamento. Como vai haver um molho saboroso no prato principal, tenha junto bastante arroz para poder se esbaldar. Sem mais delongas, interrompo o texto para começar com as imagens e instruções.
Silvano – o impossível


26/04/2007

1 comentários:

Marco Migliavacca disse...

É isso ai !!! Ficou perfeito !!! Com fotos e com este texto não tem como errar, se estiver em boa companhia vai ficar melhor ainda.
Estou falando das pessoas e de um bom vinho: Sugestão Cabernet Ventisquero