24 maio 2007

Coisa de Gordo - 325


325 – COISAS IRRITANTES
Vir aqui neste espaço falar de coisas irritantes não deixa de ser arriscado! O que é irritante para um nem sempre o será para outro. Mas creio haver coisas que conseguem irritar muita gente. Mas afinal, o que é irritação? Recorro ao Dicionário Aurélio para verificar o significado: “Exasperação, agastamento, irritabilidade; estado de indevida sensibilidade física e/ou psíquica, e que pode decorrer de causas variadas.” Veja que até o Aurélio confirma que as causas são variadas. Interessante...indevida sensibilidade psíquica....aquela vontade de jogar a pessoa pela janela. Exemplifiquemos, portanto, algumas coisas ditas irritantes.
PORTA BATENDO – você está lendo, trabalhando,relaxando e fica ouvindo aquela porta, geralmente numa peça contígua, a bater. Bate sem fechar! O vento continua e ela bate, e bate, e bate. Daí a alguns minutos você se pega dando um berro com quem estiver mais próximo: “Fecha essa droga!” A pessoa olha para você sem entender muito bem tanta exasperação (olha ela aí). Vai lá e fecha a porta. Daí a pouco, alguém passa pela porta e a deixa aberta de novo. E ela volta a bater. Calma, amigo(a), controle a pressão, pense na taquicardia.
CINTO DE SEGURANÇA QUE NÃO DESCE – você vem dirigindo sem cinto e vê que está se aproximando de uma possível barreira policial. Os guardas no meio da pista, parando os carros. Você rapidamente tenta puxar o cinto, enquanto mantém o carro no curso. O cinto cede um pouquinho, mas pára em seguida, tranca, prende. Você reduz a velocidade, dá um sorriso amarelo, puxa o cinto de novo, e de novo e cada vez mais forte. Quanto mais você puxa, mais ele prende. Diabos, você pensa, vou ser multado por causa dessa droga! O carro dá uma balançada para os lados, talvez você tenha que parar para conseguir soltar a naba do cinto de segurança. E aí você de novo assusta quem está por perto: - Droga de cinto, poxa!!! – é o seu berro dentro do carro.
O TRANCA-FILA EM BUFÊ – para não ter que lavar louça, você pega a família e vai comer naquele Bufê a quilo ali da esquina. Bem arrumado, gostoso, limpinho, preço camarada. O horário é intenso, meio-dia é hora de se comer, há bastante gente na fila. Aí você percebe que a fila está truncada, quase parada, lenta. E mais ainda. Vê que há um claro na fila, na frente de uma pessoa. Pronto, está feito o diagnóstico. Você está atrás de um tranca-fila. Também designado pela sigla TF. O TF pára diante de cada prato do bufê, dá uma olhada, futuca a comida com o talher de servir, pensa mais um pouco, pede para a cozinheira se ela não consegue um arroz mais soltinho, repensa. E você, sua família e todo o resto dos trabalhadores do bairro ali, parados, esperando “sua alteza” se decidir. As pessoas suspiram, murmuram, trocam queixas entre si, até que alguém toma coragem e solta o berro: “- Anda logo com essa fila, poxa! Mas que enrolação! Todo mundo aqui tem horário.” O cara-de-pau do TF faz de conta que nem é com ele. E pergunta se tem Bife de Fígado Acebolado.
O BLOG DE UM GORDO – você tem pouco tempo para administrar sua vida, o corre-corre, as contas a pagar, os filhos a criar, a vida por viver. E aí , semanalmente, ou a cada três dias, recebe em seu computador um e-mail que o chama a ler esta coluna Coisa de Gordo. Você com tanta coisa para fazer, com tantos afazeres, se vê incomodado por essa newsletter semanal que o solicita: “-Vá lá. Acesse a sua coluna semana Coisa de Gordo, blá, blá, blá..” . Você segura a onda uma, duas, cem vezes, mas depois da centésima coluna você dá um berro diante do teclado e urra: - Chega! Chega de bobagens! Seu vizinho pensa que alguém está sendo socado, espancado por você, tal a fúria de seus gritos!
Enfim, passaria o ano todo aqui listando as coisas que julgamos serem irritantes. Deixo a você o exercício de filosofar entre paredes, para saber o que o irrita! Quer mandar sugestões?....esteja à vontade.
Silvano – além de impossível, exasperante


LISTA SINTÉTICA DE OUTRAS COISAS IRRITANTES
- TV em alto volume;
- Pneu furado em dia de chuva;
- Dor de barriga onde não há banheiro;
- Caneta que não escreve;
- Chave que tranca na fechadura;
- Bebê chorando no colo de mãe indiferente;
- Tele-atendimento (disque 2...disque 1..);
- Tele-marketing (Sr Silvano, o senhor foi selecionado pelo banco blá,blá..);

MIMO NÃO É PECADO!!!
Mas que cara-de-pau! O ministro Tarso Genro, gaúcho de quatro costados, integrante das alas mais profundas do PT, diante de mais este escândalo de corrupção do governo Lula, em que a Empreiteira Gautama deu “pequenos mimos” a ministros, deputados, corruptos em geral....vem a público para dizer que isso não configura corrupção. Na verdade, eram apenas pequenos MIMOS oferecidos a essas pessoas!! Mas que cara mais mimoso, mas que cara mais rasteiro, mas que baita CARA-DE-PAU! É corrupção , sim, senhor ministro! Que vergonha prá gauchada!


LULA CARIDOSO
Recebo mensagem contendo o texto da Lei nº 11.444 , assinada pelo presidente Lula, o itinerante, cujo texto é o seguinte: LEI Nº 11.444, de 05 de janeiro de 2007. Autoriza o Poder Executivo a efetuar doação à República do Paraguai, no valor de até R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais). O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º Fica o Poder Executivo autorizado a efetuar doação à República do Paraguai, no valor de até R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais), com a finalidade de fomentar ações naquele País para a modernização da administração tributária e aduaneira e a redução de desequilíbrios locais, principalmente nas áreas sociais e econômicas, buscando melhor integração entre os países membros do Mercado Comum do Sul - MERCOSUL. Art. 2o Fica a cargo do Ministério da Fazenda a liberação dos referidos recursos consignados à ação Cooperação Técnica para Modernização da Administração Tributária e Aduaneira no Âmbito do Mercosul, que fazem parte da unidade orçamentária Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização - FUNDAF. Art. 3o Esta Lei entrará em vigor a partir da publicação do respectivo crédito orçamentário previsto no art. 2o desta Lei. Brasília, 5 de janeiro de 2007; 186o da Independência e 119o da República. LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.
Precisa comentar isso? Acho que não, né? Deixa o SUS à míngua, deixa o INSS sem verba, deixa....deixa assim.




22/05/2007

1 comentários:

Sonia Schebela disse...

Tuas receitas tem feito sucesso na minha escola, são boas mesmo, valeu!
Quanto às coisas que irritam a gente outra que tira do sério é quando uma pessoa não para de fungar e não limpa o nariz. Meu Deus, dai-me paciência!
Abraços Sonia.